terça-feira, 26 de outubro de 2010

CONCURSO DE CAVALEIROS TAUROMÁQUICOS



I.P.

3 comentários:

  1. Francisco Barreira “Morgado de Covas” foi um verdadeiro aficionado e que se apresentou como cavaleiro amador em 1900 e nessa condição alternou com todos os cavaleiros do seu tempo em Portugal, Espanha, Brasil e Argentina.
    Contudo, em 17 de Junho de 1904 recebeu a alternativa de cavaleiro tauromáquico profissional, sendo seu padrinho Fernando Ricardo Pereira.
    O grande mestre do Morgado de Covas foi Vitorino Fróis, que o ensinou e lhe desvendou os segredos do toureio a cavalo.
    Possuidor de muitos cavalos de toureio, ele mesmo os preparava numa sua propriedade em Sacavém.
    Morgado de Covas era natural de Viana do Castelo, onde nasceu em 8 de Maio de 1873.
    Viana do Castelo, cidade onde ao longo dos tempos se realizaram belíssimas corridas de toiros e que tem tradiçaõ taurina.
    Viana do Castelo, hoje sem Praça de Toiros depois de Defensor Moura, um anti-touradas radical, a ter negociado para a destruir aquando do seu consulado como autarca.

    ResponderEliminar
  2. De vez em quando, aparecem uns destes defensores... a quem ninguém solicitou nem opinião, mas vão logo executando!... Deve ter sido um destes anti qq coisa que acabou tb com a Praça de Toiros de Leiria, que se situava no sopé do monte onde se ergue o Santuário de N Senhora da Encarnação, no exacto local onde presentemente existe um Lar da Misericórdia... Ironias do Destino?!... Fado, é o que é!... :-)

    ResponderEliminar
  3. Omorgado de Covas nasceu na freguesia de Covas, concelho de Vila Nova de Cerveira e era filho único do famoso "construtor dos Remédios" Manuel Barreira.

    ResponderEliminar