domingo, 9 de novembro de 2014

PEIXINHO

D.L.

Tudo passa, tudo morre... O prédio já não existe e, com ele, foi a lápide e a memória desse famoso toureiro, bem assim a dos Calabaças e Cadetes...



Afinal, quem ainda se lembrará da fama toureira do bairro da Estefânia?!... 

E quem diria que essa rua, onde Peixinho morou, leva precisamente o nome daquele que, em 1836 decretou o fim das touradas em Portugal?! ...
“Considerando que as corridas de touros são um divertimento bárbaro e impróprio de Nações civilizadas, bem assim que semelhantes espectáculos servem unicamente para habituar os homens ao crime e à ferocidade, e desejando eu remover todas as causas que possam impedir ou retardar o aperfeiçoamento moral da Nação Portuguesa, hei por bem decretar que de hora em diante fiquem proibidas em todo o Reino as corridas de touros."

Decreto de Passos Manuel, de 19 de Setembro de 1836.

3 comentários:

  1. Bela pesquisa sobre uma justa homenagem a um bandarilheiro famoso.
    Muito oportuna essa abordagem ao decreto de Passos Manuel, um político do reino que não gostava de touradas e achava que os outros não deveriam de gostar também…
    A documentação fotográfica…excelente.

    ResponderEliminar
  2. Obrigada, Manuel.
    Não sei se reparou que, provavelmente com a reconstrução, os nºs de polícia não são sequenciais - do 69 passa ao 83... o que, de resto, não é caso único.

    ResponderEliminar
  3. 69 com o IVA fica em 84, portanto não é o caso...rsrsrsrs

    ResponderEliminar